p Ciranda Cirandinha: Ó minha mãe!... .comment-link {margin-left:.6em;}

Ciranda Cirandinha

A aventura de se ser Mãe e Mulher

4º aniversário da Beatriz

Monday, December 06, 2004

Ó minha mãe!...

"- Ó minha mãe!..."
Fui oficialmente "promovida". Desde há uns 3 ou 4 dias, é assim que sou tratada para tudo e para nada. "- Ó minha mãe, a Beatix quer árrua!" - nova versão para a palavra água. “Ó minha mãe” para cá, “Ó minha mãe” para lá… Mas porquê? Antes não era mãe dela é?? :)

Acho que descobriu que, afinal, há mais mães no mundo. E se pensar bem, algo que a baralhava bastante era dizer-se, por exemplo, que aquele menino estava ao colo da mãe dele. Parece que finalmente concretizou o que isso queria dizer. Assim sendo, há que apregoar a todos que EU sou a mãe DELA! E só dela… ;) E são coisas como estas – tão "piquenas" como estas – que me deixam na cara um sorriso e um orgulho maiores do que se tivesse, de facto, sido promovida!

Ai… até me babo! ;)

*** Ciranda, de babette

5 Comments:

At 9:10 AM, December 07, 2004, Blogger ni said...

E tens tu muita razão em te babar!!!
:o)
Beijinhos e abraços
;o)

 
At 7:22 PM, December 07, 2004, Blogger eu said...

Não há cá misturas...
Isso é coisa de infantário ou então de conversa de miúdos.
Na origem deve ter estado uma pequena discusão...
Já tou a ver:
- "É a minha mãe"
- "Não é nada, é a minha"
- "Não é nada!!!!"
Bjnho e bom feriado pr ti e pr a TUA filha.

 
At 8:02 PM, December 07, 2004, Blogger C_de_Ciranda said...

:D Até era uma boa justificação. Só que ela ainda não anda em nenhum infantário :P Isto de tentar justificar as crianças dá sempre histórias engraçadas, não há dúvida.

Heheheh

*** Ciranda

 
At 8:38 PM, December 07, 2004, Anonymous Anonymous said...

E vê lá se te mantens à altura, que isso é um cargo de grande responsabilidade. Ai é, é. ;-)
Beijos grandes para as duas, a sua mãe e a sua filha, pois claro.
Gracinha

 
At 10:57 AM, December 09, 2004, Blogger Margarida Atheling said...

É de estares orgulhosa!
Babada mesmo!!!
És muito dela, e ela sente-se feliz por isso.
Esse sentido de posse inspirado pelo amor é tão bonito!
Bjs

 

Post a Comment

<< Home