p Ciranda Cirandinha: O preço da fama... ou Quem vai à guerra... .comment-link {margin-left:.6em;}

Ciranda Cirandinha

A aventura de se ser Mãe e Mulher

4º aniversário da Beatriz

Tuesday, November 02, 2004

O preço da fama... ou Quem vai à guerra...

Este fim-de-semana lá andava pelas redondezas, e mais uma vez, uma cadela com o cio. O meu jeco, como sempre, dá sinal com antecedência. E não falha, no dia seguinte lá andava a matilha atrás da bicha. Ora, o Fritz – habituado que está a ir à rua sozinho fazer as suas necessidades fisiológicas (sejam elas quais forem) – acaba invariavelmente por fazer parte do "gang".

Desta vez, e pelo que pude perceber, a cadela tinha-o na lista de preferências e só permitia que ele se aproximasse – o que não deve ter agradado aos outros ‘machos caninos’. Não sei o que se passou, só posso especular. O que sei é que chegou a casa a tremer como varas verdes, sem reagir a nada do que se lhe dissesse, sem querer comer e a fugir para o ninho. No dia seguinte, quando acordei, ali estava ele, imóvel, sentado, focinho apontado para baixo, com um fio de baba contínuo a pender de cada lado do focinho, com um pescoço três vezes maior que o habitual e descaído como uma papeira de velho e dois papos enormes na zona das bochechas, sem conseguir comer ou beber. Até se me apertou o coração… :(
.
Conclusão, lá fui a correr telefonar à veterinária que lá teve de prescindir do seu descanso dominical para o vir ver à clínica, já que era uma urgência. Tal como suspeitava a médica diz que se deve ter tratado de uma luta entre cães. “Já reparou que apesar de ele não estar exteriormente ferido, tem sangue – com certeza do outro cão – nas patas?”
.
E pronto, felizmente já passou o pior. Está medicado e fora de perigo, mas não deu pró susto! É que uma pessoa habitua-se aos bichos, afeiçoa-se a eles como se de família se tratasse e custa muito vê-los assim, despojados da sua alegria e virilidade. Custa mesmo muito… Também, quem é que o manda ser TÃO viril? :/
.
*** Ciranda

4 Comments:

At 3:46 AM, November 03, 2004, Blogger Ana Rangel said...

Oh, mulher...
Partiste-me o coração!!! :(
Só de imaginar o bicho assim até fiquei mal disposta...coitadinho do Fritz...ele é tão activo e ágil.
Nem quero imaginar o que lhe fizeram... :(
Abraço para vocês e um miminho muito grande para o Fritz!
Ana

 
At 4:56 PM, November 03, 2004, Anonymous Anonymous said...

Ui! Apesar de ter dado uma tareia aos outros (não foi o que a veterinária disse) espero que ele fique bom depressinha. E que a mãe não apareça aí por tua casa em três ou quatro meses a pedir que o teu Fritz assuma as suas responsabilidades.
É um susto daqueles. É mesmo. Eu também tenho um cão, sei do que falo. Parte-se-nos o coração, vê-los assim. É terrível. Mas se ele já está a caminho da cura, pois então, vamos em frente!
Beijos Gracinha, a Artista do Burlesco.

 
At 5:27 PM, November 03, 2004, Blogger C_de_Ciranda said...

Obrigada meninas :)

O raio do cachorro já está a ficar bom, sim. Ainda tem um grande papo debaixo do queixo e ainda está meio apagadote. Quem o conhece até estranha vê-lo assim. Mas, "quem o viu e quem o vê". Já me dou por satisfeita com a evolução da coisa ;)

Amanhã volta à veterinária para confirmar, depois dou o veredicto final.

Beijos

*** Ciranda

 
At 6:54 PM, November 07, 2004, Blogger Carla_ said...

oh mulher... isso é so um susto :)
se visses a dentada certeira na veia da minha Rufi que a munha Feline lhe deu :))) isso é terrivel :)))
um destes dias ainda te vais rir da forma garanhona como o teu cão se comporta :)
Bjinhos
Carla

 

Post a Comment

<< Home