p Ciranda Cirandinha: Epopeia culinária com casa Cheia .comment-link {margin-left:.6em;}

Ciranda Cirandinha

A aventura de se ser Mãe e Mulher

4º aniversário da Beatriz

Friday, October 15, 2004

Epopeia culinária com casa Cheia

Como relatei, anteriormente, este jantar foi absolutamente delicioso. Boa comida, um bom vinho e uma alegre e bem disposta companhia. Quando chegou a altura da sobremesa é que foi pior... A menina que nos atendia pôs-nos logo à vontade. Dirige-se a mim e diz:

“- Para a sobremesa só há tarde de maracujá… Não há alternativa! - tendo sublinhado, com ênfase, esta última parte - Preciso de saber quantas tartes são.”

Ora bem... Se nós somos X ao jantar e se do jantar fazia parte a dita sobremesa (fosse tarte de maracujá, fosse tarte de cebola), então serão… deixa cá ver… X + W + Z – W – Z… o que dá, portanto…se não me falham as contas… precisamente… X tartes!… Não era o que lhes competia? Cheira-me que estavam à espera que houvesse desistências. Correu-lhes mal, temos pena! ;)

Mas eis senão que, decorridos uns 5 minutos de espera, lá vem a mesma menina (seria a mesma?) dizer que afinal há uma alternativa: bolo de bolacha. "Pronto, começou o pandemónio!" - pensei eu. Afinal há que subtrair mais Y bolos de bolacha ao X do total. Tudo acalmado e feitas as contas, lá segue a menina para dentro.

Não entendi a demora que se seguiu, mas o que de facto me confundiu foi, a ver a menina de volta à nossa grande mesa, de mãos a abanar, com a notícia que afinal só há 2 ou 3 tartes de maracujá, algumas porções de bolo de bolacha e que o que faltava em tarte de maracujá podia ser substituído por tarte de framboesa…

Alguém me explica, porque até agora juro que não percebi, como é que se passa do estado de “Sem Alternativa” para o estado de “Alternativa obrigatória”???

E porque é que somos obrigados a ser servidos por uma pessoa que quando lhe pedem educadamente se haverá hipótese de um dos cafés ser servido com natas, olha primeiro para o tecto, depois para nós, faz uma pausa e, finalmente, mando-nos “àquela parte” em silêncio??

E quando um colega comentava comigo que “É a tal velha história: como não estamos a pagar…”

Não não… É a tal velha história: Como não estão para investir em formação, contrata-se por uns míseros "2 tostões" pessoas que para além da ausência de formação, nem predisposição apresentam para os cargos que ocupam.

E mais não digo! Enfim…

*** CIranda

4 Comments:

At 2:50 AM, October 16, 2004, Blogger Ana Rangel said...

Tens mesmo de ir ler o post "Portugal vs. Boston" do dia 15 de Outubro... é exactamente disso que eu falo. Aqui é totalmente diferente...
É um absoluto escândalo!

Abraço!
Ana

 
At 3:43 AM, October 17, 2004, Blogger Carlos said...

This comment has been removed by a blog administrator.

 
At 3:56 AM, October 17, 2004, Blogger Carlos said...

Estou traumatizado...
Aqui um pobre, cãndido e inocente rapaz a pensar que se tratava de um blog maternal, cheio daquelas coisas meladas de mãe babada(mas que toda a gente gosta por se tratar de instintos que todos possuímos, em maior ou menor grau)quando a minha peplexidade atinge o seu zénite com este artigo supra inscrito...

Minhas senhoras, caros leitores e demais indigentes,
COMENTÁRIOS SOBRE A ARTE DE BEM SERVIR???? Quem se havia de lembrar disso?? E ainda tem a distinta lata de opinar pseudo-artisticamente sobre um suposto cálculo matemático que lhe ocorreu... Pobre empregada de mesa (ou direi antes técnica de mesa), mal sabe ela ao que a sua boa vontade levou quando decidiu aturar estas mulheres desvairadas com um espírito crítico-cusco...

Mal sabe ela o quanto as suas profundas reflexões, sobre a quantidade de tarte de maracujá foram criticadas e esmiuçadas... Pobre mulher. Ao que este mundo chegou...

Deixem as tartes de maracujá em paz. Deixem os bolos de bolacha... Dediquem-se a lavar o chão e tratar dos pratos.
Deixem as críticas pro HOME.

Ass:
Liga Viril Defensora dos Direitos das Empregadas de Mesa

 
At 5:17 PM, October 18, 2004, Blogger C_de_Ciranda said...

Muahmuahmuahmuahmuahmuahmuahmuah!!!

Só tu, "carago"! Para me pores a rir assim! Olha lá... Vê lá se um dia, ás custas de tanto brincar, ainda passas a acreditar! :PPPP

Heheehe! :D

Beijosssssssss, gaijo mais que bom! Continua assim que "a mi me encantas"!

*** Ciranda

 

Post a Comment

<< Home