p Ciranda Cirandinha: 1º Capítulo .comment-link {margin-left:.6em;}

Ciranda Cirandinha

A aventura de se ser Mãe e Mulher

4º aniversário da Beatriz

Wednesday, October 20, 2004

1º Capítulo

Tive uma gravidez que, apesar de não ter sido nada tradicional, nem emocionalmente fácil (tal como muita gente sabe), foi uma gravidez que vivi com muita alegria e com um estado de espírito de permanente boa-disposição e gargalhada fácil. E não estou a exagerar. Andei os meses todos numa boa disposição de fazer inveja a qualquer digno representante da classe de comediantes do norte! ;) Eu ria por tudo e por nada. Ia às lágrimas com uma tal facilidade que toda a gente olhava, para mim, incrédula!

Lembro-me de uma vez ter fechado a mala do carro com toda a força na cabeça do meu pai – aiii… O que aquilo deve ter doído!!! - e, contudo, vim a té casa a rir à gargalhada. Até já tinha vergonha… a sério! Entre gargalhadas, lá ia ordenando a mim própria bem alto: “Vá! Pára sff! Controla-te… Não tem piada nenhuma, porra!”. E nada, até o meu pai, com um belo dum galo na “mona”, se rendeu às gargalhadas contagiantes. Foi, de facto, o período – até àquela data – mais feliz da minha vida. Porém, para além da minha felicidade, acho que este estado de espírito se deveu em grande parte às doidas das hormonas, que andavam continuamente aos saltos!

E foi uma fase em que me senti lindíssima. E muito mais Mulher. E mais completa que nunca! Por estes e outros motivos, achei que era impensável deixar passar esta fase sem uma recordação condigna. Por volta dos 7 meses e meio, com uma barrigona proeminente e linda, resolvi fazer uma sessão fotográfica a sério.

E aconteceu, com a colaboração da Isabel, uma grande amiga minha estilista que, de entre os muitos talentos, tem este – o da fotografia. Assim, no seu atelier, em Monte Crasto, fizemos uma sessão fotográfico ao mais alto nível e o resultado foi melhor do que eu alguma vez podia supor. Ficam aqui dois exemplos para não deixar margens para dúvidas e para encerrar este primeiro capítulo desta história.


Esta é a mãe orgulhosa. Uma mãe muiiiito orgulhosa! Obrigada amiga... :)
.

*** Ciranda

7 Comments:

At 1:46 PM, October 20, 2004, Blogger ni said...

Ó moça, mas que lindíssima grávida!!!
É assim... e de lindas grávidas, nascem lindas crianças.
:o)
Beijinhos e abraços
lia
(http://www.ignatz.alojamentos7.com/todasascores/)

 
At 4:43 PM, October 20, 2004, Blogger SaltaPocinhas said...

Olá! Obrigada pela visita à Bruxinha, mas não gostei da tua sugestão: ODEIO ervilhas!!!!
O teu blog é muito interessante, vou voltar. Aparece também no meu, o Fábulas (a bruxinha é mais um hobbie que um blog!). beijinhos para ti e para a linda filhota!

 
At 10:59 PM, October 20, 2004, Anonymous Anonymous said...

Ficaram lindas essas fotos!!! Uma gravida mt bonita sem duvida... como todas as gravidas!!!
Eu sou "alergica" a maq. fotograficas, mas o meu sonho é fazer isso mesmo q tu fizeste!!! Qd tiver de barrigona tb vou fazer uma secçao de fotos e de preferencia a preto e branco!!!
Parabens!!!
PM

 
At 5:35 PM, October 21, 2004, Blogger eu said...

Que história tão fofinha a tua! E k lindas fotografias. Confesso k fazem inveja... Obrigada pela companhia k me tens feito.

 
At 10:34 PM, October 21, 2004, Blogger t&v said...

estão fantásticas :)
tangos & valsas

 
At 4:16 PM, October 23, 2004, Anonymous Anonymous said...

Caros concidadãos, depois da minha primeira msg neste blog, sinto-me agora compelido a deixar outra, pois há coisas que um indíviduo de bem, com um profundo sentido de dever, como eu aliás, não pode deixar de escrever.

Quero apenas tetemunhar, que depois de um profundo e laborioso levantamento, cheguei à brutal conclusão que a Ciranda (essa grande maluca), tinha tantas fotografias, e inclusivamente mais descascadas, que a sua pequena Cirandinha.(sim eu contei aquela da barriga no cantinho do blog, ou pensavas que enganavas alguém??)
Como é isto possível... é inútil tentar escalpelizar este facto, é notoriamente uma tentativa gorada de protagonismo. Assisti até, com profunda indignação, à usurpação por parte de Ciranda das fotografias de Cirandinha... Sim aquelas em que esta aparece no meio, mas lá vem a ciranda com a sua dose de egocentrismo posar para o canto... K vergonha...

Liga Máscula dos Direitos Fotográficos das Cirandinhas

P.S. A título mais pessoal, gostei muito das fotografias priminha. Beijo muito grande pra ti e para aquela prendinha k deste ao mundo... Do vosso primo muito orgulhoso:)

 
At 6:07 PM, October 24, 2004, Anonymous Anonymous said...

Desta vez... teve que ser! Depois de cá vir umas vezes e ler com atenção as tuas histórias ( sem no entanto comentar....)não podia deixar passar esta! Porque há coisas que nunca se esquecem, e fases da vida que vamos sempre recordar com uma certa nostalgia. Essa foi uma delas! Porque foi trágica e divertidíssima! Porque de repente uma vida mudou pra sempre e gerou outra. E porque eu estive lá desde o primeiro momento! Obrigada eu, amiga! Inxalah! :)Beijos pras minhas duas modelos. ***
Bé aka Isa

 

Post a Comment

<< Home